Indoor

Liga quer popularizar Mini-Handebol no Amazonas

Publicado em: 26/07/2019 00:00

Por: Fed_AM

Curso de Mini-Handebol

 

A Liga de Handebol do Amazonas (Liham) quer popularizar a modalidade olímpica no Estado por meio de uma iniciativa que adapta o jogo para crianças de 6 a 10 anos nas escolas. O primeiro passo foi o curso de capacitação em teoria e prática de Mini-Handebol, realizado no último sábado, 13 de julho, no auditório e na quadra da Vila Olímpica de Manaus. A formação foi ministrada pelo professor Diego Melo de Abreu, vice-presidente da Federação Paulista de Handebol e coordenador de Mini-Handebol na Confederação Brasileira da modalidade.

Segundo Diego, o Mini-Handebol foi criado na Dinamarca nos anos 70, mas só chegou ao Brasil no final dos anos 90. É uma forma de aproximar as crianças e famílias dos jogos de handebol. O Mini é uma adaptação do handebol para as crianças de 6 a 10 anos. Todas as regras, espaços e materiais foram pensados para que as atividades proporcionem grandes benefícios aos praticantes. Cada equipe entra em quadra com cinco crianças, de forma que meninos e meninas podem – e devem – jogar juntos. As partidas podem durar de 10 a 15 minutos.

“O Mini-Handebol está crescendo e em São Paulo já é uma realidade, então a intenção de trazer para cá é justamente transpor aquela realidade do trabalho que a gente fez em São Paulo para vocês copiarem, melhorarem e começarem a colocar o Mini-Handebol aqui no Amazonas também”, explicou Diego.

Para o especialista, a modalidade é fundamental para a popularização dessa modalidade olímpica em todas as regiões do País. Diego entende que o projeto deve começar nas escolas, onde o público-alvo do Mini-Handebol está concentrado.

“O Mini-Handebol é ideal para as escolas, principalmente porque o público-alvo já está lá. Em termos de popularização do esporte, é o melhor caminho porque a gente precisa apresentar o handebol aos estudantes o quanto antes, pois as crianças desde cedo já conhecem o futebol, o voleibol, o basquetebol. É preciso apresentar o handebol nas escolas, para que os estudantes tenham poder de escolha. Essa capacitação promovida pela Liga do Handebol é importante porque ela oferece o método para que os profissionais de Educação Física consigam dar as aulas”, comentou Diego.

As competições do calendário e cursos oferecidos pela Liga de Handebol do Amazonas (Liham) recebem apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

 

Texto e fotos: Emanuel Mendes Siqueira (92) 99122-3785
Assessoria de Imprensa da Liga de Handebol do Amazonas (Liham)

Compartilhe:

Comentários

comentários providos por Disqus

Apoiador

Parceiros Institucionais

Filiado A